CERTIFICAÇÃO / IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA HACCP

DURAÇÃO: 60H

MODALIDADE

Formação E-Learning

VALOR

210€

Ações Agendadas

  •  Localidade: Lago (Amares)
  •  Início: 28/06/2019
  •  Término: 29/07/2019
  •  Horário: Pós-Laboral

Apresentação

No final do curso os formandos serão capazes de conhecer a legislação, interpretar e utilizar de forma adequada a Norma DS 3027E e garantir a confiança do consumidor, no produto confeccionado e vendido no estabelecimento. Direccionar recursos e materiais para os pontos-chave do processo de forma a garantir uma maior competitividade no mercado.

Destinatários

Indivíduos indiferenciados com habilitações ao nível 12º ano de escolaridade. Em casos devidamente identificados podem-se considerar habilitações inferiores.

Programa

  • 1. Plano PPR (Pre-Requisitos):
  • 1.1. Análise de Legislação Específica;
  • 1.2. Noções básicas de Higiene,
  • 1.3. Principais tipos de contaminações;
  • 1.4. Higiene do Manipulador de alimentos;
  • 1.5. Higiene das instalações, equipamentos e utensílios;
  • 1.6. Higiene Alimentar.
  • 2. Plano HACCP:
  • 2.1. Caracterizar o Sistema HACCP;
  • 2.2. Integrar o Sistema HACCP na empresa;
  • 2.3. Implementar um Sistema HACCP;
  • 2.4. Liderar um Sistema HACCP;
  • 2.5. Pilotar o processo de certificação do sistema HACCP.

Valor

210€ Isento de IVA

Localidades

Este curso de formação pode ser realizado na(s) seguinte(s) localidade(s):

  • Lago (Amares)

Coordenador/a Científico/a

Maria de Lurdes Ribeiro de Almeida

Formadores

Rui Vieito (Engº)

Requisitos de Participação

Para participar neste curso deve cumprir os seguintes requisitos de participação:

Habilitações académicas: (requisito obrigatório)

Grau académico mínimo: 12º Ano (completo)

Situação profissional:

Todas as situações profissionais são admitidas.

Observações

Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso frequentado, irão obter um Certificado de Formação Profissional emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação)como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.